A padroeira.

A procissão de chegada da imagem de Nossa Senhora dos Remédios, por volta de 1952. A santa assumiu o cargo de padroeira, substituindo a Imaculada Conceição, adorada pelos fiéis do antigo Sítio dos Remédios desde a metade do século passado.

 Ao lado, a imagem de Nossa Senhora dos Remédios, atual padroeira do bairro

Antiga imagem de Nossa Senhora Imaculada Conceição, vinda de Portugual para o sítio dos Remédios.

A atual protetora da Vila dos Remédios tem origem mexicana. Conta-se que em meados do ano de 1520, durante as guerras de conquista do México, pelo conquistador espanhol Fernando Cortez, contra o império Asteca, em um episódio conhecido como Noites Tristes, os nativos Astecas, em defesa de seu patrimônio travaram, na planície de Otocampulco, sangrenta batalha com os conquistadores, massacrando os espanhóis. Conta a lenda que os sobreviventes teriam alcançado a cura de seus ferimentos invocando uma imagem da Virgem Maria trazida na mochila de um dos soldados, passando a chamá-la de Nossa Senhora dos Remédios.
Em 1540, no mesmo local o índio cristão João de Tovar encontrou essa imagem, construindo uma ermida para abriga-la. Anos mais tarde, o governador da província, numa de suas caçadas. Encontrou a ermida com a imagem da santa em seu interior. Ali, ele construiu o templo de Nossa Senhora dos Remédios. A imagem é de madeira, tem 27 cm de altura, e mostra a Virgem Maria com o Menino Jesus no braço esquerdo.
Em nossa paróquia, antes de 1950, a Igreja era conhecida por Imaculada Conceição do Sítio dos Remédios, a padroeira do bairro. Mas no inicio de 1951, com a indicação do padre José Soares Guimarães, a vila foi elevada à categoria de paróquia. Como primeiro vigário a tomar posse da paróquia, padre Guimarães, ficou pouco tempo, mas foi responsável pela mudança da padroeira do bairro.
Recém chegado de Minas Gerais, o padre Guimarães não encontrou a imagem da Virgem na Igreja. Mandou então confeccionar para o altar mor uma nova santa que era também a padroeira dos militares, pois o padre havia sido capelão num dos quartéis em Minas, antes de assumir a Igreja dos Remédios. A partir de 1951, a Igreja passou a chamar-se Nossa Senhora dos Remédios.
Todo dia 08 de cada mês é dedicado a NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS, com oração especial e benção da água.

Hino de Nossa Senhora dos Remédios.

 

Virgem pura, ó Nossa Senhora dos
Remédios, te viemos saudar, e num
canto de amor te ofertamos nossa
prece aos pés deste altar.
Dos Remédios Senhora formosa
Volve os olhos às almas que vês,
a cantar-te, ó rainha do céu,
a cantar-te, rezando aos teus pés.
Se a tormenta da terra afligir-nos nessa
vida de rude labor, dos Remédios, Senhora
estende sobre nós o teu manto de amor.
Se a doença cair sobre o mundo e vier ao
teu povo abater, ó Mãe Santa dos Santos
remédios teu amor nos virá socorrer.
Nós louvamos a ti, rainha, lá dos céus e
Da terra também, hoje cremos, felizes, na
Glória que no mundo tu trás do além.